quinta-feira, 30 de junho de 2011

Sobre PLC116/2010

Eduardo Braga recebe produtores de cinema e TV para conversa sobre PLC116/2010
Representantes de entidades que reúnem produtores de cinema e vídeo se encontraram nesta tarde com o senador Eduardo Braga (PMDB/AM) para confirmar apoio ao Projeto de Lei da Câmara, PLC 116/2010, que regulariza a entrada de empresas de telecomunicações no mercado de TV por assinatura. Os produtores manifestaram apoio para votação sem modificações do texto apresentado na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), presidida por Eduardo Braga.
“Apoiamos o texto como está, pois bem ou mal, foi o que deu para construir”, disse a representante do Grupo Abril, Higes Manara.
Em resposta, o senador Eduardo Braga disse que existe um acordo tácito para a votação do texto, mas não há garantias de que os senadores irão aprovar o projeto sem alterações.
“O ideal seria aprovar o texto como está, mas não podemos afirmar que haja consenso em torno do projeto e que não ele não sofrerá modificações por emendas ou até mesmo por meio de destaques, quando votado em plenário”, explicou.
Além da representante do Grupo Abril, participaram da conversa o produtor de cinema Luiz Carlos Barreto, o diretor presidente da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Manoel Rangel, o presidente da Associação de Produtoras Independentes de Televisão (ABPI-TV), Marco Altberg, o presidente do Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo, Roberto Moreira, e o diretor de cinema Marcos Didonet.

Informação do Grupo "Circuito RN".

Interpretação para TV e Cinema

FLORIANÓPOLIS

NOTÍCIAS DO MINC.

http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2011/06/Cabecalho12.jpg
 









 
Últimas notícias:

- O Ministério da Cultura promoveu, no último dia 28 de junho, o Seminário de Economia Criativa: uma estratégia de desenvolvimento econômico sociocultural sustentável. O encontro reuniu cerca de 240 servidores do ministério e foi realizado no auditório da Fundação Universa, em Brasília. Saiba mais aqui.

- Na última terça-feira (28), a ministra Ana de Hollanda visitou a nova unidade da Cinemateca Brasileira, localizada na Vila Leopoldina, em São Paulo. O diretor Executivo da Cinemateca Brasileira, Carlos Magalhães, e a diretora e coordenadora do Laboratório de Imagem e Som da Cinemateca Brasileira, Patrícia de Fillipe, participaram do evento. Confira aqui.

- O Instituto Vladmir Herzog lançou, no último dia 27 de junho, a coletânea audiovisual Os Protagonistas dessa História. A obra é composta por 12 DVSs com depoimentos de 60 jornalistas que atuaram contra a Ditadura Militar nas décadas de 1960 e 1970. A cerimônia de lançamento aconteceu no Memorial da Resistência, em São Paulo. Mais informações aqui.

- No último dia 25 de junho, durante a XXXII Reunião de Ministros da Cultura do Mercosul, em Assunção, foi aprovado aporte de US$ 1 milhão para criação do Fundo Mercosul Cultural. A proposta do montante inicial foi apresentada pelo MinC e está baseada em contribuições com valores relativos ao Produto Interno Bruto da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Mais detalhes aqui.

GERAL

Concurso internacional de fotografia

A Organização Mundial de Fotografia e a Sony abriram inscrições para a edição de 2012 do prêmio Sony World Photography. As inscrições estão abertas até 04 de janeiro do próximo, divididas em Open Competition (para entusiastas e amadores), Professional Competition (para profissionais), Youth Award(para fotógrafos de até 20 anos), Moving Image Award (para imagens em movimento) e Student Focus(para estudantes). Os vencedores serão contemplados com o valor de US$ 5 mil e uma viagem a Londres para a cerimônia de premiação em 2012. Acesse o endereço (em inglês):http://www.worldphoto.org/competitions/

Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação

A cidade de Maceió sedia, de 07 a 10 de agosto deste ano, a 24ª edição do Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (XXIV CBBD). O objetivo do evento é revelar pesquisas, práticas e desenvolvimento de produtos e serviços relacionados à temática, no contexto teórico da sociedade da informação e do conhecimento. A programação é composta por sessões plenárias com palestras e conferências, pela manhã, além de sessões temáticas e mesas redondas no período vespertino. As atividades serão realizadas no Centro Cultural e de Exposições, localizado na Rua Celso Piatti, s/n, Jaraguá. Os valores de inscrição estão definidos de acordo com a categoria e data de pagamento da taxa. Confira: http://www.febab.org.br/congressos/index.php/cbbd/xxiv

Concurso Rucker Vieira

A Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) realiza inscrições para a 8ª Edição do Concurso de Roteiros de Documentários Rucker Vieira de 1º de julho a 15 de agosto de 2011. O edital contempla dois projetos de documentários com o valor de R$ 80 mil para cada. O objetivo da iniciativa é estimular obras audiovisuais de produção independente. Mais informações: www.fundaj.gov.br

Prêmio Energisa de Artes Visuais

Estão abertas, até 09 de julho, as inscrições para o Prêmio Energisa de Artes Visuais.  A iniciativa é promovida pela Usina Cultural Energisa e pela Fundação Ormeo Junqueira Botelho e seleciona artistas para integrar exposições coletivas e individuais. As propostas contempladas participarão da programação da galeria de arte da Usina Cultural Energisa, em João Pessoa (PB), entre julho de 2011 e julho de 2012. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do endereço: www.premioenergisaartesvisuais.com.br.

14ª Festival Nacional 5 Minutos

As inscrições para a 14ª edição do Festival Nacional 5 Minutos estão abertas até o dia 12 de agosto. O concurso concede, ao todo, premiação de 30 mil reais para projetos de vídeos com duração de até cinco minutos. De acordo com o edital, a temática e estética das obras concorrentes são livres. A iniciativa visa incentivar a experimentação, a produção e a difusão da linguagem audiovisual no país. Acesse:www.dimas.ba.gov.br

Pixel Show
 
As próximas edições do projeto Pixel Show serão realizadas no Recife e em São Paulo. O evento agrega Conferência Internacional e Feira de Arte e Design. O Pixel Show é organizado pela Zupi, desde 2005, e conta com palestras, workshops, feira de arte, exposições, festival de animação e sessões de live painting. No Recife, o encontro será realizado no Centro de Convenções de Pernambuco, nos dias 16 e 17 de julho. Em São Paulo, as atividades acontecem nos dias 15 e 16 de outubro deste ano. Mais informações: www.pixelshow.com.br

Cinefuturo – VII Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual

As inscrições no Cinefuturo – VII Seminário Internacional de Cinema e Audiovisual estão abertas. O evento será realizado de 25 a 30 de julho, em Salvador, e pretende debater as transformações contemporâneas no universo audiovisual nos últimos anos. Os encontros acontecerão no Teatro Castro Alves, Teatro Martim Gonçalves, Instituto Goethe e Aliança Francesa. Os participantes do evento terão acesso a mesas redondas, diálogos e mostras de filmes. Os interessados deverão pagar taxa de inscrição e preencher cadastro no site: www.cinefuturo.com.br/2011

ALAGOAS

Palco Giratório 2011

A segunda edição do Palco Giratório Sesc Alagoas 2011 será realizada de 03 a 11 de julho nas cidades de Maceió, Palmeira dos Índios e Teotônio Vilela. A programação do projeto contempla apresentações e oficinas circenses em espaços públicos. Os trabalhos serão realizados pelos grupos Namakaca (SP) e Sua Majestade o Circo (AL). Clique aqui e confira a programação.

Cursos de dança, música e teatro

A Escola Técnica de Artes da Universidade Federal de Alagoas (Eta/Ufal) abre inscrições, de 04 a 29 de julho, para cursos de iniciação em dança, música e teatro. Ao todo, são 83 vagas disponíveis para concluintes do ensino médio. As inscrições podem ser realizadas das 9h às 12h e das 14h às 18h, na secretaria da Eta/Ufal, a partir de apresentação de foto 3×4 e original e cópia de RG, CPF e comprovantes de residência e conclusão do ensino médio. As aulas serão iniciadas no dia 1º de agosto. Saiba mais aqui.

BAHIA

Mostra Curto Encontro 2011

Entre os dias 25 e 31 de julho, acontece a Mostra Curto Encontro 2011 em 13 cidades baianas que compõe o Circuito Popular de Cinema e Vídeo. O evento organiza exibição de vídeos de várias categorias, com duração de cinco a 20 minutos, além de debates sobre a produção e a política diante do cenário audiovisual nacional em Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Santo Amaro, Porto Seguro, Vitória da Conquista, Jequié, Itabuna, Lauro de Freitas, Mutuípe, Guanambi, Valença e Alagoinhas. A Mostra é uma realização da Tabuleiro Produções. Acesse: www.tabuleiroproducoes.com.br

Projeto Pipoca & Papo

No próximo dia 1º de julho, às 16h, será realizada a primeira edição do projeto Pipoca & Papo. A iniciativa é promovida pelo Centro de Referência Integral de Adolescentes (CRIA) e tem objetivo de promover a leitura. O encontro acontece no Centro Cultural Solar Ferrão/IPAC e tem como tema a cultura e a identidade do Centro Histórico de Salvador. O convidado desta edição é o mobilizador cultural Fábio Mandingo. A entrada é franca. O Centro Cultural Solar Ferrão está localizado na Rua Gregório Mattos, 45, Pelourinho, Salvador. Mais informações: (71) 3322-1334.

CEARÁ

Edital Alberto Nepomuceno

A Secretaria de Cultura do Estado do Ceará está com inscrições abertas, até 18 de julho, para o Edital Alberto Nepomuceno. A iniciativa concede 800 violões e 80 aparelhos de DVD, contemplando, ao todo, 80 projetos. A participação é destinada a pessoas jurídicas de direito privado sem fins econômicos e pessoas jurídicas de direito público que já desenvolvam projetos culturais, envolvendo atividades com violão. Clique aqui.

MARANHÃO 

Estátua de São Marçal
A Prefeitura de São Luís inaugura nesta quinta-feira, dia 30 de junho, a estátua de São Marçal, no bairro João Paulo. A escultura foi criada pelo artista plástico e designer Eduardo Sereno e integra as atividades do festejo do São Marçal, que ocorre todos os anos no bairro João Paulo. A estátua é composta por pó de mármore aglutinado com poliéster e fibra de vidro e possui 5m de altura. Mais informações aqui.

PARAÍBA

Prêmio Literário José Lins do Rego

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Literário José Lins do Rego. Até 05 de setembro, os interessados podem inscrever obras nos gêneros de romance ou novela; poesia; infanto-juvenil; dramaturgia; ensaio literário; conto ou crônica. O projeto é uma iniciativa da Fundação Espaço Cultural (Funesc) em parceria com a União Superintendência de Imprensa e Editora (A União). O concurso é destinado exclusivamente para autores naturais da Paraíba, que morem ou não no estado. Confira:www.funesc.com.br

PERNAMBUCO

Introdução ao Storyboard: uma abordagem prática

O Centro de Formação em Artes Visuais realiza, de 11 a 22 de julho, o workshop Introdução ao Storyboard: uma abordagem prática, ministrado pelo ilustrador Isac Galvão. O objetivo da iniciativa é proporcionar conhecimentos técnicos fundamentais para pré-produção de storyboard de filmes, desenhos animados, comerciais de TV, teatro e jogos multimídias. O workshop acontece de segunda a sexta, das 14h às 17h. Os interessados devem enviar currículo resumido e carta de intenção até o dia 06 de julho para o email:cfav.recife@gmail.com

12º Encontro Pernambucano de Coco

O 12º Encontro Pernambucano de Coco será realizado no mês de julho nos municípios de Ipojuca e Olinda. O evento tem apoio da Petrobrás e incentivo do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet. A programação está organizada com atividades nos dias 1º e 02 na Praça de Porto de Galinhas, em Ipojuca, e nos dias 08 e 09, na Praça do Carmo, em Olinda. O Encontro contempla apresentações artísticas, aula-espetáculo, rodas de mestres e griôs, oficina e exposições de fotos, artesanato e audiovisual. Confira:www.encontropernambucanococo.blogspot.com

PIAUÍ

Exibição do filme Escritores da Liberdade

O Filme Escritores da Liberdade, de autoria de Richard LaGravenese, será exibido nesta quinta-feira, às 18h30, no Clube de Vídeo da Casa da Cultura de Teresina. A obra é baseada em fatos reais e aborda o drama da experiência da professora Erin Gruwell. A Casa da Cultura de Teresina está localizada na Praça Conselheiro Saraiva, no Centro. O Clube de Vídeo é uma organização apoiada pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. A entrada é gratuita. Mais informações aqui.

RIO GRANDE DO NORTE

Cartilha de Diretrizes Culturais

O Fórum Potiguar de Cultura realiza, no dia 07 de julho, o lançamento da Cartilha de Diretrizes para a Cultura do Rio Grande do Norte. O documento reúne proposições da sociedade para o diálogo com gestores da política pública cultural potiguar. O evento acontece às 10h, no auditório do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, localizado na Av. Rio Branco, 753 – Cidade Alta. Mais informações aqui.

SERGIPE

Oficinas para audiovisual

O Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira está com inscrições abertas para seis oficinas da área do audiovisual. Os interessados podem escolher as modalidades de Fotografia Publicitária, Motion Graphics,Animação Experimental, Criação de Personagens para Jogos, Animação de Recorte e Design de Internet. Cada oficina disponibiliza 15 vagas. Confira aqui.

Editais

- Festival de Cinema de Brasília  inscrições até 30 de junho de 2011;
- Fundação Telefônica, inscrições até 30 de junho de 2011;
- Bolsa de Publicações Regina Lacerda – inscrições até 30 de junho de 2011;
- Itaú Cultural – Rumos Educação, Cultura e Artes 2011-2013, inscrições até 30 de junho de 2011;
- Encontro de Estudo Multidisciplinares em Cultura (Enecult) – inscrições até 30 de junho de 2011;
- Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga  inscrições até 30 de junho de 2011;
- Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul - inscrições até 30 de junho de 2011;
- Prêmio Sérgio Motta de Arte e Tecnologia - inscrições até 30 de junho de 2011;
- VII Curta Canoa – Festival Latino Americano de Cinema de Canoa Quebrada – inscrições até 30 de junho;
- 24º Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, inscrições até 08 de julho de 2011;
- Janela Internacional de Cinema do Recife  inscrições até 13 de julho de 2011;
- DOCTV América Latina III - inscrições até 14 de julho de 2011;
- Curta Cinema – 20º Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – inscrições até 15 de julho de 2011;
- Salão Nordeste de Arte Popular Chico Santeiro – inscrições até 15 de julho de 2011;
- Itaú Cultural – Rumos Jornalismo Cultural 2011-2012, inscrições até 15 de julho de 2011;
- Editais Funarte de ocupação para Artes Cênicas  inscrições até 15 de julho de 2011;
- Editais Funarte de ocupação Funarte para Música - inscrições até 18 de julho de 2011;
- Prêmio Vivaleitura 2011, inscrições até 20 de julho de 2011;
- Editais Funarte de ocupação para Artes Visuais  inscrições até 22 de julho de 2011;
- Cine Congo 2011, inscrições até 25 de julho de 2011;
- ANIMAGE – III Festival Internacional de Animação de Pernambuco - inscrições até 29 de julho de 2011;
- 1º Festival Virtual Cine Brasil Plural – inscrições até 30 de julho de 2011;
- III Festival do Filme Etnográfico do Recife – inscrições até 31 de julho;
- Prêmio Odair Firmino de Solidariedade  inscrições até 31 de julho de 2011;
- I Mostra de Vídeo Brincantes – inscrições até 1º de agosto;
- Edital Cultura Publicações – FJA (RN) - inscrições até 03 de setembro;
- FestFilmes – Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro  inscrições até 31 de dezembro de 2011.

Expediente RRNE/MinC:

Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura

Chefe da Representação: Fábio Lima
Rua do Bom Jesus, 237, Bairro do Recife
Recife – Pernambuco – CEP 50030-170
Tel: (81) 3194.1300
nordeste@cultura.gov.br

Atendimento para Lei Rouanet na sede da RRNE MinC, ou pelos emails:

Andréa Pereira: andrea.lima@cultura.gov.br / (81) 3194.1305
Sonia Maria: sonia.maria@cultura.gov.br | (81) 3194.1309
Jorge Edson Garcia: jorge.garcia@cultura.gov.br | (81) 3194.1313

Assessoria de Comunicação:

Maíra Brandão: Assessora
Daniel Lamir: Estagiário
Maria Júlia Vieira: Estagiária
Tel: (81) 3194.1310
divulgacao.ne@cultura.gov.br

Integre seu município ou estado ao Sistema Nacional de Cultura:
 http://blogs.cultura.gov.br/snc/.


quarta-feira, 29 de junho de 2011

JANDUÍS - BALAI DE ARTES ESTRÉIA NORDESTINOS EM PRAÇA PÚBLICA

O grupo Cultural Balai de Artes estréia o espetáculo "NORDESTINOS". O espetáculo narra a história do NORDESTINO Antonio Cachete que sai do seu sertão rumo ao sul buscar melhores condições de vida, no desenrolar da história a personagem principal percebe as realidades e diferenças entre o seu povo e os do sul, aprendendo a valorizar as suas raízes.

O ESPETACULO ABORDARÁ A MIGRAÇÃO DE NORDESTINOS PARA O SUDESTE DO PAIS, FOCANDO NA VALORIZAÇÃO DAS NOSSAS TRADIÇÕES E CULTURA.


A migração nordestina, ou seja, de habitantes do Nordeste do Brasil para outras regiões do país, teve grande relevância na história da migração no Brasil desde a época do Império de D. Pedro II. Com o início do Primeiro Ciclo da Borracha em 1879, os nordestinos migraram para a Amazônia, fato que se repete com o Segundo Ciclo da Borracha durante a Segunda Guerra Mundial. Com o auge da industrialização no Brasil, entre as décadas de 1960 e 1980, a migração nordestina para a região Sudeste, em especial aos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, foi intensa. As capitais destes estados tornaram-se "terras de oportunidades".
Entre as décadas de 1980 e 1990 o fluxo migratório para o Sudeste diminuiu e surgiram também migrações para a região do Distrito Federal e e mais uma vez para o Amazonas.
Com a melhoria estrutural de outras regiões do Brasil, somada aos problemas que surgiram nas grandes cidades por causa da superpopulação, a migração nordestina diminuiu consideravelmente. Apesar de o Rio de Janeiro e São Paulo continuarem sendo importantes pólos de atração, a migração "polinucleada" tornou-se mais evidente.

PROSA & VERSO

 

www.crispiniano.com.br 
Espectador do ‘Canal Futura’ sem perder o passado de vista
Lutei durante quase dois anos por um pacote de convênios e repasses federais para a cultura do Rio Grande do Norte.
Pouca coisa se concretizou por força do emperramento da burocracia. Mas não foi tão pouco assim, pois bastaria falar da legalização dos convênios de 53 Pontos de Cultura, dos quais 30 ficaram com sua primeira parcela paga, falar de 105 microprojetos em mais de sessenta municípios, do Festival Agosto Teatro, de quase 30 bibliotecas públicas municipais implantadas, de 25 Cinemas Mais Cultura para não se ficar falando que nada foi feito ou que há um marasmo cultural no Estado. Até porque a cultura existe independente do Estado, visto que qualquer especialista em cultura está a afirmar que quem faz cultura não é o Estado, mas a sociedade civil organizada, cabendo ao Estado, o papel de apoiador, sem interferir, sem impor, sem direcionar, sem explorar politicamente.
Esquece a professora Isaura Amélia que antes de mim estava ela na direção da Fundação José Augusto e que da sua gestão restou um verdadeiro caos, algo que fez mais estragos do ponto de vista institucional que o próprio Foliaduto. Mesmo assim, limitei-me a elaborar um relatório de mais de cem páginas sobre os descalabros e enviar à governadora através de um dos seus assessores mais discretos e qualificados e destinar o mesmo relatório aos dirigentes do PT, partido que estava me indicando. Comentei os problemas internamente, e, em nome da minha obrigação de olhar para frente, de trabalhar e de não jogar a imagem da Fundação José Augusto no esgoto mais do que já se encontrava, nunca fui à imprensa detonar a gestão dela nem a de François Silvestre, a quem, por sinal, só dirigi e continuo dirigindo elogios. E se fiz alguns comentários foi em reuniões internas, pois precisava diagnosticar os problemas e cientificar a equipe para receitar os remédios possíveis para a cura da estafa que tinha deixado a Fundação exaurida, ou, por que não dizer, "isaurida".
Os motivos pelos quais autorizei o Ministério da Cultura a anular os convênios estão mais que explicados. E também já expliquei a busca inglória de diálogo com a equipe da governadora eleita, antes da minha saída. Mandei recados por muitos amigos comuns e pela imprensa.
Busquei audiência com a Comissão de Transição através da coordenação dos Pontos de Cultura, inclusive, porque estaria vindo e veio, de Brasília, a doutora Eliete, coordenadora do Programa Cultura Viva que financia os Pontos de Cultura. 
Os esforços para que fôssemos recebidos pela Comissão de Transição resultaram sem resposta, mesmo que os coordenadores tenham tido mais de um contato com a secretária do dr. Paulo Davim que fazia parte da dita comissão. Mandei, através de uma comissão de artistas que estava buscando diálogo com a governadora Rosalba Ciarlini e que chegou a conversar com a sua irmã Ruth Ciarlini, um relato de todas as ações da nossa gestão e o estágio em que se encontrava cada convênio, inclusive valores e o meu temor de que - pelo fato do governo Iberê não ter dinheiro para as contrapartidas, o que, aliás nos tinha sido prometido até o limite da força da verdade dos cofres esvaziados - tivéssemos os convênios sustados. 
Continuemos nas Notas Curtas.
Compromisso
Em todos os recados coloquei-me à disposição da governadora e de quem ela indicasse para ir a Brasília comigo para tentar salvar os convênios mediante um compromisso da nova gestão de que ela, já eleita, iria garantir os recursos, como aquele que Lula, Ciro Gomes, Garotinho e José Serra, ainda candidatos, assinaram com o FMI no final de 2002. Nem eu, nem o governador Iberê Ferreira de Souza poderíamos assinar compromissos financeiros para 2011. E se os convênios continuassem vigentes, na virada de 2010 tornariam o Estado do Rio Grande do Norte inadimplente, obrigando o novo governo a devolver o dinheiro federal e o valor da contrapartida estadual corrigidos. A professora Isaura sabe do que está falando, pois comenta-se que a Fapern, por onde ela também deixou seu rastro, tem compromissos da ordem de 22 milhões a saldar por não ter tido estes cuidados...

Sem querer conversa
Depois de definida como secretária extraordinária da Cultura, Isaura fez reunião no Teatro Alberto Maranhão, ligou para vários funcionários da Fundação fazendo interrogatórios, chamou servidores em seu apartamento e nunca se dignou a me procurar, mesmo sabendo que todas as vezes que me havia acessado tinha sido muito bem atendida, como nas várias vezes que solicitou o Teatro Alberto Maranhão, o Teatro de Cultura Popular, o Palácio da Cultura e as Casas de Cultura para eventos, quando pediu cessão de servidores e quando pediu autorização para publicar os livros com os vários "bons dias" que realizou quando na Fundação, livros estes que me enviou depois dizendo, deselegantemente, que estavam à venda nas livrarias...

Um gesto civilizado
E olha que, apesar de toda a sua perseguição dentro e fora do governo Wilma, onde ela ficou o limite do fora do sério nunca nos tornamos inimigos pessoais. De modo que esperei uma ligação sua, um gesto civilizado, como o que testemunhei do professor Luís Eduardo Carneiro ligando para Gersino Maia marcando uma reunião sobre a Sethas, mas nunca recebi. Portanto, está bom de Isaura parar de baixaria e começar a honrar o cargo pomposo para ela inventado e o sobrenome nobiliárquico que exibe com tanta empáfia.

Cutucando...
Seria de bom alvitre que a professora Isaura Amélia descesse do palanque, pois eu não quero elevar o tom desta discussão, o que, com certeza não seria muito bom para sua saúde... 
Tenho feito o possível para dar-lhe o benefício dos cem dias de trégua, mas ela insiste em provocar, em cutucar... 

Conselho
Parece que não ouviu o conselho do ministro Garibaldi Alves à sua cunhada governadora de que parasse de olhar para trás e começasse a dar respostas aos problemas do Estado que hoje governa por força do voto popular, em vez de ficar culpando Iberê Ferreira e Wilma de Faria pelos problemas do passado e os do presente.

O tom
O livro que vou escrever sobre a experiência de quatro anos à frente da cultura tem muito o que dizer e deverá ter muito mais, a depender do tom das provocações.

Culpas e cobranças
Por enquanto, estou recomeçando a luta pela sobrevivência e cuidando da minha vida pessoal e familiar, rejeitando todas as perspectivas de vir a assumir cargos públicos. Mas também sou um atento espectador do "Canal Futura"... E está muito próximo o tempo em que Isaura e Rosalba deixarão de cobrar e culpar e passarão a ser cobradas e culpadas pelo que não for feito ou estiver sendo feito de maneira errada.

A professora Isaura Amélia de Souza Rosado, depois de aboletada num cargo ainda não totalmente legalizado e forjado numa engenharia estranha, que criou uma Secretaria Extraordinária de Cultura, para, desabridamente burlar a lei do nepotismo vive a destilar ódio. Acessa diariamente a imprensa contra mim e meus companheiros de gestão da Fundação José Augusto, no período que vai de 7 de fevereiro de 2007 a 31 de dezembro de 2010.

MINISTRA ANA DE HOLANDA

INSCRIÇÕES ABERTAS

TEATRO DE RUA

 














26/06 :: 11h
Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo (SP)
Espetáculo: O Básico do Circo
Local: Parque Lions - Tucuruvi
R. Alcindo Bueno de Assis, alt. nº 500

02/07 :: 14h - Apresentação no 3º Aniversário do
Sarau Poesia na Brasa
Quarteto Trio Los Dos (Santos-SP)
Espetáculo: Com a Cara Pintada e o Pé na Rua
Local: R. Professor Viveiros Raposo, 534
Vila Brasilâdia

03/07 :: 11h
Grupo Mototóti (RS)
Espetáculo: O Vendedor de Palavras
Local: Praça Carlos Kozeritz - Jardim Julieta

09/07 :: 15h
Oficina de Teatro com o Grupo Tá na Rua (RJ)
Local: Praça Carlos Kozeritz - Jardim Julieta

10/07 :: 11h
Grupo Tá na Rua (RJ)
Espetáculo: Isso é lá com Santo Antônio
Local: Praça Carlos Kozeritz - Jardim Julieta
15/07 :: 17h
Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo (SP)
Espetáculo: Aqui não, Senhor Patrão!
Local: Ponto de Cultura Quilombaque
Travessa Cambaratiba, 05 - Perus

16/07 :: 11h
Grupo Teatral Nativos Terra Rasgada (Sorocaba-SP)
Espetáculo: Ditinho Curadô
Local: Parque Lions - Tucuruvi
R. Alcindo Bueno de Assis, alt. nº 500

16/07 :: 14h
XII BaZar - Núcleo Cênico Projeto BaZar. Brechó, Sebo, Artesanato e Moda Alternativa
Participação Especial:
Escola Livre de Música São Marcos
• (15h) Exibição do documentário produzido pelo Sinfonia de Cães, CICAS e CCJ: A cultura em luta pela paz
Local: (sede) Galpão do Núcleo Pavanelli
R. Salvador Bicudo, 30 - Tucuruvi

17/07 :: 11h
Circo Teatro Rosa dos Ventos (Presidente Prudente-SP)
Espetáculo: A Farsa do Advogado Pathelin
Local: Praça Carlos Kozeritz - Jardim Julieta

29/07 :: 16h
Trupe Olho da Rua (Santos-SP)
Espetáculo: Terra Papagalli
• (18h) Exibição do documentário produzido pelo Sinfonia de Cães, CICAS e CCJ: A cultura em luta pela paz
Local: Praça Carlos Kozeritz - Jardim Julieta
Trupe Olho da


31/07 :: 11h
Movimento Popular Escambo Livre de Rua:
Companhia Ciranduís (Janduís-RN), Companhia Arte e Riso (Umarizal-RN), Bando La Trupe (Natal-RN), Pintou Melodia na Poesia (Maranguape-CE), Cervantes do Brasil (Icapuí-CE)
Espetáculo: O Casaco de Urdemales
Local: Praça Carlos Kozeritz - Jardim Julieta

terça-feira, 28 de junho de 2011

Intrusos en la frontera

 
Ayúdanos a difundir nuestra newsletter, ¡invita a tus amigos a inscribirse!
Opinión

Intrusos en la frontera

Cristián Joel Sánchez.*
 

“Se comunicaron con Sidney Edwards por radio para saber qué hacían. Le contesté que llegaran hasta nuestra base aérea, donde los esperaba un oficial de inteligencia nuestro. Allí les darían una tenida de civil y los pondrían a bordo de un avión hacia Santiago, para que desde aquí tomaran otro hacia Inglaterra. Eso fue exactamente lo que se hizo. Deberían haber quedado internados acá, porque esa es la ley, pero les propuse esa salida”. ... Leer más
 
Economía

Crisis mundial: la ruta del dinero

Jorge Altamira.*
 

Investigar esa ruta es útil para responder a la pregunta de cómo es posible que Grecia, un país de diez millones de habitantes, tenga en jaque a la economía mundial -—al menos según describe la información corriente—. Dicho de otra manera, para que un default de Grecia arrastre a la zona euro a la bancarrota, es necesario que esa bancarrota ya se encuentre instalada en el conjunto de la economía mundial. ... Leer más
 
Cultura

“Agradezco a la vida que me haya dado la oportunidad de hacer amistad con una persona de la calidad de Salvador Allende”

Mario Casasús.*
Desde Madrid, Óscar Soto, médico personal del presidente Salvador Allende, recuerda el 11 de septiembre de 1973 en La Moneda: “Yo acudí llamado hecho por el Presidente Allende desde su casa de la calle Tomas Moro, a las 7:30 de la mañana. Era un deber ético y de responsabilidad ir a La Moneda. Yo lo había acompañado todos los mil días de su gobierno y lo había acompañado a Colombia, Ecuador, Perú, Argentina, Cuba, Argel, Marruecos, México, a la Unión  Soviética y a las Naciones Unidas. Además de ir con él la mayoría de las veces en sus desplazamientos por el país. No dudé en seguir con él cualquiera que fueran las circunstancias”. ... Leer más
 
Opinión

Chile: clima político

Álvaro Cuadra.*
 

Si hay algo que llama la atención en la sociedad chilena del presente es un cambio severo en el clima político del país. Los síntomas se suceden uno tras otro, escándalos financieros que como una gélida onda Polar envuelve todo en una atmósfera de contaminación y pestilencia, a lo que se suma las protestas estudiantiles que manifiestan el malestar no solo de jóvenes sino de académicos y apoderados con el actual estado de cosas; además, de protestas ciudadanas ante la aprobación de la construcción de represas que amenazan el medioambiente. ... Leer más
 
Economía

La histeria va con en el precio

Rafael Poch.*
 

En septiembre se cumplirán tres años de la quiebra financiera de 2008. El motivo de la crisis fue el hundimiento del gran festival especulativo que eliminó las fronteras entre la actividad financiera y la simple y pura delincuencia. El dinero público se utilizó para cubrir las pérdidas y proteger las fortunas de los agentes del gran casino, en lo que fue la mayor transferencia de capital de la historia desde la gente común hacia los ricos. Ninguno de los problemas que entonces se pusieron de manifiesto se han solucionado, pero se han creado otros encadenados. ... Leer más
 
Cultura

El saber esotérico

Nieves y Miro Fuenzalida.*
 

La atracción esotérica, la retirada de la razón y la vuelta del ocultismo y el irracionalismo, como algunos sospechan, tal vez  radique en la pérdida de confianza en los símbolos establecidos, en el cansancio con el modelo cognitivo de la realidad. Durante la década de los setentas, la industria del entretenimiento, dándose cuenta de  la irresistible atracción del ocultismo, le dio una dimensión popular que había perdido durante la edad del positivismo desencadenando una proliferación de prácticas místicas, ocultas o sagradas que empezaron a poner en duda la creencia de que una creciente secularización acompaña al modernismo. ... Leer más
 
Opinión

El justo aliado en la otra orilla del Mediterráneo

Teódulo López Meléndez.*
 

El comienzo, en Túnez, parecía marcar una diferencia con la tradición de golpes militares y de sustitución de gobiernos autoritarios por otros gobiernos autoritarios. Ahora subyacía un reclamo democrático y una exigencia de mejora en las condiciones de vida. Europa miraba los sucesos con su extraña persistencia en considerarlos ajenos, mientras Estados Unidos, un tanto más alerta, iniciaba un proceso de interés que bien podía dirigirse a la mediación y a la preservación de antiguos aliados. ... Leer más
 
Economía

Chile: La Polar, bien, gracias; pero se viene Presto

PRO.*
 

El Partido político que agrupa a los seguidores de Marco Enríoquez-Ominami denunció cláusulas de repactación abusiva de la tarjeta de crédito Presto y asegura que La Polar no es un caso aislado. La tarjeta Presto se utiliza en los supermercados Lider y Ekono (ex DHS, en la actualidad de la estadounidense Wall Mart) Presto Viajes, Presto telecom, Lider.cl y Presto Seguros; también en la cadena de farmacias Ahumada y en unos 50.000 otros puestos de comercio asociados a lo largo del país. ... Leer más
 
Sociedad

El gran juego afgano

Txente Rekondo.*
 

El anuncio de Obama es una nueva pieza que se suma al complejo puzzle en Afganistán. Las declaraciones de Karzai, la respuesta de la resistencia y el papel de los protagonistas regionales, son parte también de ese escenario sobre el que la figura del Gran Juego vuelve a planear con fuerza. En los próximos meses se irá desgranando el futuro de Afganistán y si las fuerzas de ocupación acaban aceptando que la resistencia es una parte del pueblo afgano, la reconciliación entrará en una nueva fase y ya hay quienes apuntan a la fórmula de olvido y perdón. ... Leer más
 
Política

En La Paz extraña que Chile no ‘comunicó’ el seguimiento del narcogeneral René Sanabria

Contrainjerencia.*
 

“Según informaciones, (sabemos) que algunas instituciones, que algunas autoridades de Chile ya sabían que ya hicieron seguimiento (a Sanabria). Yo me pregunto: ‘si algo sabían algunas instituciones de Chile, ¿por qué no nos comunicaron oportunamente para dar un castigo severo en Bolivia?’”, cuestionó Morales, durante el acto del 185 aniversario de la Policía. ... Leer más
Si no quieres recibir más esta gacetilla, borra tu dirección de correo electrónico en este enlace:
http://www.surysur.net/?q=node/5733

MOSTRA DE CINEMA INFANTIL DE FLORIANÓPOLIS

O Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros (CNC) e a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, encaminham o convite abaixo e solicitam a colaboração na divulgação deste convite e da programação em anexo em todos os canais possíveis. 

Agradecemos a colaboração, CNC e Mostra de Cinema Infantil.




































Gizely Cesconetto de Campos
(48) 32230883 (IPHAN/SC)
(48) 36441144 (Cineclube Laguna-SC)
(48) 9614-5657
Educadora Patrimonial do IPHAN-SC
Coordenadora CineClube Laguna
http://cineclubelaguna.wordpress.com/
Diretora Adjunta de Memória - CNC

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Representante do Ministério da Cultura destaca iniciativa da Assembleia
ALE-AL
 

Fábio Lima (Foto: Reprodução)
O chefe da Representação Regional Nordeste do Ministério da Cultura (Minc), Fábio Lima, destacou a iniciativa do Parlamento alagoano em realizar a sessão especial que teve como objetivo debater políticas públicas para o setor cultural. Na opinião dele, a lei de incentivo à cultura, em fase de conclusão pelo governo do Estado, é uma ferramenta de extrema importância, que vai possibilitar ao estado de Alagoas avançar na captação de recursos para investimentos na área.
             “Todo mecanismo que gere a chance, para o meio cultural, de aumento desse poder de investimento para a área tem o apoio do Ministério da Cultura”, informou o representante do MinC. No entanto, fez questão de frisar que a lei de incentivo à cultura estadual é uma questão local. “Essa Casa Legislativa juntamente com os movimentos culturais, tem uma responsabilidade direta. Ao MinC caberá o apoio no sentido da sua implementação, além de estabelecer parcerias para que, cada dia mais, consigamos consolidar isso”, completou.
             Fábio Lima informou que para contribuir com o avanço do desenvolvimento cultural do Estado, o Ministério da Cultura tem investido em diversos segmentos, através de convênios e de recursos do PAC. “Nesse momento, estamos construindo oito praças, sendo três em Maceió e o restante no interior do Estado, onde iremos contemplar a cultura. Nessas praças, teremos espaços para cinemas, teatros, bibliotecas, além de uma série de convênios com os pontos de culturas”, informou, acrescentando que, além disso, estão sendo desenvolvidos outros 70 projetos em Alagoas. “Pretendemos intensificar essa parceria com o Estado, estabelecer um maior diálogo com as gestões estadual e municipais, consolidando o Sistema Nacional de Cultura, que será o grande instrumento articulador de todas as políticas públicas voltadas para o setor”, concluiu.

Debate
Lotado, o plenário da Assembleia Legislativa transformou-se em palco para as manifestações artístico-culturais que participaram da sessão especial realizada nesta sexta-feira, 3, para debater as políticas públicas voltadas para a área da cultura de Alagoas. A sessão foi de iniciativa dos deputados Judson Cabral (PT) e João Henrique Caldas (PTN), em parceria com o Fórum Permanente Pela Cultura e dos Pontos de Cultura do Estado. Autoridades representativas do setor, nos diversos segmentos sociais, estiveram presentes ao evento.
             O debate teve como objetivo cobrar celeridade por parte do governo do Estado no encaminhamento do projeto que institui a Lei de Incentivos à Cultura alagoana. O projeto foi elaborado em 2009 pela Secretaria de Estado da Cultura, com a participação de representantes dos diversos segmentos culturais e do Conselho Cultural do Estado. Encontra-se há mais de um ano no gabinete da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), para análise.
             Para a representante da rede alagoana dos pontos de cultura, Fátima Menezes, os movimentos culturais pretendem, durante os debates, fazer com que o Parlamento volte o seu olhar para a cultura. “É a nossa identidade. Como é importante o fazer cultual e o ser criativo. É a partir daí que as outras coisas passam a acontecer, como a saúde e a educação, por exemplo”, disse.
             “Queremos com esse debate trabalhar, acima de tudo, a tramitação da Lei de Incentivo à Cultura, que se encontra há um bom tempo na Sefaz”, declarou Judson Cabral, que preside a Comissão de Educação, Saúde, Cultura e Turismo da Assembleia.
             Para o outro propositor da sessão pública, deputado João Henrique, é fundamental debater o tema, uma vez que, através da cultura, pode-se promover diversas ações sociais, como tirar jovens e crianças da marginalidade. “Nós estamos discutindo também os chamados pontos de cultura, uma forma inovadora de se fazer cultura. Se não conseguimos resgatar nossos valores e origens, com certeza teremos incertezas relacionadas ao ser humano”, declarou o parlamentar.
             No entendimento do presidente da Casa, deputado Fernando Toledo (PSDB), a mobilização dos movimentos culturais com a parceria do Poder Legislativo pode motivar o governo a dar celeridade ao envio do projeto de lei de incentivo à cultura, para que seja apreciado pelo Parlamento alagoano. “Uma vez que é um tema que está palpitando na sociedade, sabemos do momento difícil que atravessa o governo do Estado, buscando entendimento com os servidores. Mas não podemos ser governo de um problema só”, observou Toledo.
Projeto de lei
            
             Segundo o secretário de Cultura, Oswaldo Viegas, o projeto de lei ainda não foi encaminhado ao Parlamento porque falta ser analisado pela Sefaz. “Nós, reiteradas vezes, solicitamos que a Sefaz tome um posicionamento, para que o projeto seja encaminhado ao governador e, em seguida, para análise da Assembleia”, contou Viegas.
             De acordo com o secretário, a lei envolve renúncia fiscal, por isso está sendo apreciada pela Sefaz. No entanto, acredita que pode haver a participação de empresas, a exemplo das de telefonia, supermercados, energia elétrica, entre outras, que são contribuintes significantes de ICMS no Estado. O secretário explicou que o percentual a ser investido na cultura seria definido pelo poder público. “Anualmente, por decreto, o governador indicaria qual parcela poderia sofrer, efetivamente, renúncia fiscal”, contou. “Além dos recursos que hoje são aplicados pela Secretaria de Cultura e pelo Fundo de Desenvolvimentos Culturais”, complementou Viegas.
Deputados e entidades cobram do governo envio do projeto de incentivo à cultura. (Foto: Reprodução)